Esoterismo - 27/07/2020 - 08:08

Mediunidade – Como saber se tenho?

Mediunidade – Como saber se tenho?

Quero começar este texto citando:

“Todo aquele que sente, num grau qualquer, a influência dos Espíritos é, por esse fato, médium. Essa faculdade é inerente ao homem; não constitui, portanto, um privilégio exclusivo. (…) Pode, pois, dizer-se que todos são, mais ou menos, médiuns.” –  Allan Kardec, O Livro dos Médiuns, capítulo XIV

No trecho acima Allan Kardec nos esclarece que todos temos a faculdade da mediunidade, ou seja, não se trata de um dom dado a alguns privilegiados, agora a meu ver o “mais ou menos, médiuns” vai depender do estágio evolutivo que a pessoa está conforme o seu esforço em cada encarnação passada.

Muitas vezes em consultas aqui no site iQuilibrio algumas pessoas me questionam se elas tem ou não obrigação de usar e ou praticar a mediunidade, outras dizem não querer até por terem nascido em alguma religião que não há a prática no ritual do uso da mediunidade como a incorporação de espíritos, psicografia, psicofonia, cura energética, entre outros. Porém, mesmo que a religião frequentada pela pessoa diga para não usarem tal faculdade a mesma é usada de alguma forma ou outra, até mesmo no trabalho profissional do dia a dia a pessoa acaba usando alguma vertente da mediunidade.

Quer um exemplo disso? A velha e boa “intuição” que muitas vezes é o momento que você capta uma dica de um bom espírito próximo a você que pode ser chamado de mentor, anjo, espírito santo, pois cada filosofia religiosa nomeia conforme lhe convém para o seu entediamento.

Não é a ninguém obrigado a frequentar um centro espírita para desenvolver ainda mais a sua mediunidade, você pode fazer uso do seu livre arbítrio, afinal você tem a eternidade pela frente, porém o buda Shakyamuni adverte que quanto mais rápido você se iluminar mais rápida saíra da roda da reencarnação neste planeta, e um dos pontos da iluminação é que você desenvolva sua mediunidade para fim de crescer como ser espiritual, além de cumprir outros fatores como a caridade e a fraternidade.

Mediunidade – Cristais

Como esotérico desde menino sempre gostei do uso de cristais, talvez por ser capricorniano elemento terra, eu recomendaria o uso consigo em forma de pedra rolada ou pingente (de bom tamanho) dos seguintes cristais:

Ametista –  para quem deseja uma vibração que abra mais o terceiro olho, estimule a glândula pineal e o ajude a desenvolver a inda mais sua faculdade mediúnica.

Hematita – para quem deseja diminuir a sensibilidade mediúnica e viver de forma não ter tanto contato com o plano espiritual. 


Gostou do que leu?
Nós avisaremos quando sair mais.

Tags e referências:

Talvez você também goste:

Mediunidade – Como saber se tenho?

Mediunidade – Como saber se tenho?

Mercúrio retrógrado - quais os impactos em minha vida?

Mercúrio retrógrado - quais os impactos em minha vida?

Quem são os irmãos? – Entenda os Laços Familiares

Quem são os irmãos? – Entenda os Laços Familiares